Orisvaldo é bronze na Internacional de Química

A primeira edição da Olimpíada Internacional de Química (IChO) ocorreu em 1968 na Tchecoslováquia. Neste ano a Olimpíada completa 50 anos, por isso uma grande festa foi realizada, mas dessa vez, nos dois países – República Checa e Eslováquia. Após o fim da Guerra Fria houveram várias divisões no leste europeu, uma dessas foi a da Tchecoslováquia, que virou Eslováquia e República Checa.

Mas a divisão serviu apenas para fortalecer ainda mais o estudo científico. Ao avaliarmos essa edição, podemos dizer que a Química ficou em segundo plano. Quando perguntamos sobre os momentos mais marcantes do evento, nosso bolsista Orisvaldo disse:

 “Para mim a parte química era importante, mas se tornou menos importante com o decorrer do tempo, porque eu pus em primeiro lugar as pessoas que eu conheci lá. As pessoas que eu conheci lá valem mais do que qualquer medalha que eu possa ter ganho.”

Orisvaldo é cearense, veio de Horizonte para Fortaleza, após ser aprovado no Processo Seletivo de 2016. Hoje, com apenas 17 anos o aluno já acumula mais de 20 medalhas em Olimpíadas de astronomia, física, matemática e química. Embora, sua grande paixão seja a química. Dessa vez, foi a hora de ganhar a IChO, o aluno conquistou medalha de bronze e foi um dos quatro brasileiros que nos representaram nessa tão incrível conquista.

Um sonho que se tornou realidade, para nós e para ele, “Olha aqui Orisvaldo, nós já sabíamos!”

Receba nossa newsletter por email.